08/12/2020

Nossa Senhora da Imaculada Conceição

No dia 8 de dezembro, temos a alegria de celebrar com toda a Igreja a Conceição Imaculada de Nossa Senhora!

 

Mas, o que significa dizer que Maria é a Imaculada Conceição?

 

Quando o Senhor nos confia alguma missão, sabemos que a realizaremos não através das nossas próprias forças, e sim através das forças de Deus. Não importa qual difícil seja a nossa tarefa, sabemos que Deus capacita seus escolhidos.

 

Imagine então, o quanto o Senhor capacitou a Virgem Maria para ser a Mãe do Filho de Deus!

 

Nossa Senhora foi enriquecida com graças únicas e especiais para desempenhar tão grandiosa missão. É claro, que o Senhor preparou o caminho escolhido para vir até nós. Ele escolheu um caminho perfeito, sem defeito, sem mancha nem ruga.

 

Ao anunciar a Imaculada Conceição de Maria, a Igreja deseja revelar que Nossa Senhora foi, de uma forma sublime, preservada de toda a mancha do pecado original desde a sua concepção, ou seja, desde o ventre de sua mãe, Santa Ana. É isso o que a palavra “Imaculada” significa “sem mancha”!

 

Padres e doutores de toda a história da Igreja sempre creram na Imaculada Conceição e louvavam as riquezas que Deus encerrou em Maria. Mas, foi em 1854 que o Dogma da Imaculada Conceição foi proclamado, através do Papa Pio IX na bula Ineffabilis Deus.

 

Nela podemos ler que, Nossa Senhora "no primeiro instante de sua concepção, por singular graça e privilégio do Deus onipotente, em vista dos méritos de Jesus Cristo, Salvador do gênero humano, foi preservada imune de toda mancha da culpa original" (Pio IX, Bula Ineffabilis Deus; cf. DH 2803).

 

Um fato curioso é que em 1858, Nossa Senhora de Lourdes se apresentou a Santa Bernadete como a: “Imaculada Conceição”. Provando por si mesma a veracidade do dogma.

 

Nossa Senhora da Imaculada Conceição, rogai por nós!